Por mais que seja confortável manter as soluções que sua empresa já utiliza, ignorar as mudanças exigidas pelo mercado traz prejuízos em curto, médio e longo prazo. Nesse contexto, estão inseridos os serviços gerenciados de TI — uma alternativa eficiente e inteligente para administrar o ambiente de TI.

A ideia é delegar o trabalho para uma empresa especializada, ao mesmo tempo em que mantém a equipe focada em atividades estratégicas. Dessa maneira, torna-se mais fácil gerar inovação e conquistar competitividade com um time qualificado e capacitado para trabalhar com os recursos tecnológicos.

Quais são as características desses serviços? Como funcionam? Quais são suas vantagens? E quais são as diferenças em relação ao outsourcing? Essas são as perguntas que responderemos neste artigo. Boa leitura!

Entenda como funcionam os serviços de gerenciados de TI

Os serviços gerenciados de TI consistem em trabalhos terceirizados voltados para a administração da infraestrutura. Sua empresa passa essa responsabilidade para um parceiro, comprometido com o alinhamento dos processos às expectativas e necessidades do negócio.

Por isso, o serviço ocorre na forma de contratação de um fornecedor com expertise, que cuida e monitora a infraestrutura e os processos para atuar de maneira proativa e reativa, seguindo métricas de performance pré-estabelecidas. Tudo isso garante a melhor execução possível do serviço, melhora as operações e reduz custos do negócio

O alinhamento de expectativas é feito por meio de encontros entre cliente e fornecedor. Nessas reuniões, também são apresentados os resultados, assim como as necessidades do negócio são ajustadas.

História dos serviços gerenciados de TI

Essa opção surgiu ainda nos anos 1990 com os Application Service Providers (ASPs), ou provedores de serviços de aplicativos. Os últimos iniciaram a possibilidade de suporte remoto à infraestrutura de TI, o que permitiu aos fornecedores de serviços gerenciados fomentar a gestão remota de redes e servidores.

Atualmente, o escopo do trabalho é maior e inclui:

  • gestão de dispositivos móveis; 
  • administração remota de firewall; 
  • segurança gerenciada e como serviço (security as a service); 
  • serviços de impressão gerenciados. 

Para ter uma ideia, o faturamento do mercado de serviços gerenciados de segurança deverá ser de 620,9 milhões de dólares em 2018, somente na América Latina. No mundo, a receita já havia alcançado a cifra de 155,91 bilhões de dólares em 2017 e a expectativa é que, até 2023, atinja 296,38 bilhões de dólares.

Conheça 5 vantagens desses serviços para sua empresa

Os dados apresentados sobre a expansão dos serviços gerenciados em TI evidenciam os benefícios dessa prática. De modo geral, a empresa consegue reduzir custos de operação, aumenta o foco no core business e ainda assegura que todas as exigências e necessidades do negócio referentes à TI sejam garantidos de forma rentável e sustentável.

De maneira mais direta, as vantagens dos serviços gerenciados são as que listamos a seguir:

1. Agilidade

O processo exige uma integração tecnológica no ambiente corporativo, o que permite aos gestores atuarem de maneira estratégica. Em vez de agirem com o foco em solucionar problemas urgentes — o famoso “apagar incêndios” —, eles conseguem antecipar falhas e resolvê-las antes de causarem prejuízos à organização. Com isso, a infraestrutura, ainda que complexa, não se torna um gargalo nem um entrave às operações.

2. Acompanhamento preciso da rotina do setor

A rotina operacional é monitorada de maneira eficaz por meio de relatórios emitidos com regularidade. Eles trazem informações sobre indicadores de performance, processos de gestão e alcance de metas. Com os dados, o gestor analisa se o caminho seguido está correto ou se é necessário fazer alguns ajustes.

3. Gestão prática e automatizada dos processos internos

O gerenciamento dos processos de TI é otimizado com os serviços gerenciados. A equipe interna determina como a gestão será feita e o parceiro tem a responsabilidade de cumprir o combinado. A automação reduz o tempo empregado para realizar algumas atividades, o que aperfeiçoa a alocação de recursos operacionais sem implicar aumento dos custos.

Além disso, a terceirização de funções de back-end e tecnologias complexas e que mudam com frequência permite à equipe interna focar em seus objetivos e nos processos inovadores.

4. Aumento da escalabilidade

A possibilidade de começar com uma infraestrutura menor e expandir aos poucos conforme a necessidade é um dos principais benefícios dos serviços gerenciados. Isso ocorre devido à abordagem modular. Assim, a capacidade é elevada e a empresa paga somente pela proporcionalidade.

5. Previsibilidade de custos mensais

A redução de gastos é um dos propósitos dos serviços gerenciados, mas a previsibilidade também é um aspecto relevante. Como os investimentos em TI sempre contam com valores periféricos, a terceirização constitui uma alternativa interessante. Em vez de treinar colaboradores, gerir equipamentos, implantar sistemas e cuidar de segurança, redes e armazenamento, a companhia divide o gasto com pagamentos fixos mensais. Desse modo, o budget é mais bem alocado.

Veja as diferenças entre serviços gerenciados de TI e outsourcing

Apesar de ser um tipo de terceirização, os serviços gerenciados são uma nova abordagem de entrega. Tanto essa alternativa quanto o outsourcing trazem benefícios e garantem melhores resultados para as empresas. Porém, é preciso conhecer as diferenças de conceitos. 

Veja, abaixo, quais são os principais aspectos divergentes. Acompanhe!

Estrutura de equipes

A gestão do time é compartilhada no caso dos serviços gerenciados, diferente do que ocorre no outsourcing. O fornecedor controla os recursos e a alocação de colaboradores para garantir o cumprimento das exigências. Cabe ao gestor validar as atividades dos especialistas e alinhar as prioridades, a fim de assegurar o melhor resultado.

Contratação

O outsourcing prevê que um profissional ficará alocado na sua empresa. Por isso, mesmo que esteja ocioso, você precisará pagar pelo tempo que ele permanecer na companhia. Nos serviços gerenciados, a cobrança é feita por demanda, de acordo com o sistema de créditos. O cálculo é feito de acordo com os minutos de atuação e, se sobrarem horas, elas podem ser utilizadas até o final do contrato.

Expertise

Os dois modelos preveem profissionais especialistas. Porém, no outsourcing é feita uma estimativa de quantos colaboradores são necessários para atender às demandas. O preço e o contrato consideram a competência técnica e as horas utilizadas de cada profissional.

Por sua vez, nos serviços gerenciados, você aponta os tipos de serviço, dispositivos e níveis de atendimento a serem gerenciados pelo fornecedor. O pagamento é feito pela solução de problemas, não por pessoa. Por isso, há toda uma equipe à disposição para oferecer uma central compartilhada para viabilizar a solução de incidentes.

Resolução de problemas

O outsourcing prevê a solução de incidentes a partir da cultura e dos processos que sua empresa já tem. Por isso, o problema precisa primeiro acontecer. No modelo de serviços gerenciados, o direcionamento é diferente, porque se privilegia a proatividade e a prevenção. 

O parceiro utiliza ferramentas de monitoramento, gerencia os ativos e a segurança, analisa a capacidade de servidores e outros aspectos. Por sua vez, o gestor conta com indicadores para avaliar os dados do setor, como o nível de satisfação dos usuários, redução do tempo despendido para solucionar problemas etc. 

Do mesmo modo, os serviços gerenciados preveem a melhoria contínua. A atuação proativa tem esse foco. Além disso, melhorias e mudanças são programadas para horários de menor impacto aos usuários, a fim de evitar indisponibilidades e interrupções.

Em suma, os serviços gerenciados de TI são uma opção válida para manter a equipe interna focada e garantir a eficiência. Porém, os benefícios somente serão conquistados se você buscar uma empresa de valores sólidos e processos maduros, que conte com ótimos profissionais e tenha engajamento com a solução proposta e a necessidade do negócio, isto é, o core business.

Então, que tal entrar em contato com uma companhia que atende a todos esses critérios? Preencha o formulário da Iteris e veja com nossos consultores como podemos ajudar a sua empresa a alavancar seus resultados!