Antes de mais nada, é bom entender o que o puro UX tem como objetivo: trata-se de criar uma experiência ideal que seja agradável, lógica e adaptada aos objetivos e necessidades do usuário.

Então, UX Research é um dos melhores e mais cruciais ingredientes para fazer bem isso.

É um processo contínuo, está sempre evoluindo e não é responsabilidade apenas do profissional encarregado da função.

Cada vez mais empresas estão percebendo que a pesquisa não pode ser ignorada, porque responder a perguntas críticas sobre seus usuários – e adotar uma abordagem de design que o prioriza – leva a sistemas e produtos digitais mais eficientes e consequentemente a usuários e potenciais clientes mais satisfeitos.

A maneira como pensamos e praticamos o UX Research, ou pesquisa de experiência do usuário, evoluiu rapidamente nos últimos anos.

UX Research na prática

UX Research, como falamos, é uma abordagem sistemática para ajudar as empresas a compreender a perspectiva do usuário.

Trata-se de mergulhar profundamente em como as pessoas interagem com um produto e observar a facilidade com que podem concluir suas tarefas e atingir seus objetivos.

Por meio da pesquisa de UX, você pode entender comportamentos, necessidades e motivações por meio de observação, análise de dados, ações e outros tipos de feedback do usuário.

O papel do Product Designer

Um Product Designer é responsável pela experiência do usuário de um produto, geralmente tomando a direção das metas e objetivos de negócios do gerenciamento de produto.

Esses profissionais atuam como uma ponte entre os clientes ou usuários e as equipes de liderança de produto, engenharia e empresa.

Não é apenas um trabalho que envolve telas e fluxos. Para ter um resultado sólido e assertivo, é necessário implementar processos de design, entre os quais o UX Research é um dos, se não o mais importante e altamente abrangente.

Os insights de de UX Research podem, até mesmo, ajudar a orientar a direção estratégica de um produto ou até mesmo de toda a empresa.

O Product Designer estuda sistematicamente os usuários-alvo para coletar e analisar dados que ajudarão a informar o processo de design do produto e tem uma série de entregas que podem ser parte de seu trabalho, por exemplo:

  • Mapeamento de personas (perfis de usuário);
  • Fluxos de Jornada de usuário
  • Wireframes
  • Protótipos de alta fidelidade

Pesquisas de UX Research

Do ponto de vista dos negócios, os benefícios da pesquisa de UX são claros: ela afeta positivamente a satisfação, retenção e crescimento do usuário, informando sobre as decisões de produto e design.

Existem vários métodos diferentes sob a sustentação da pesquisa de UX, mas o principal elemento que une tudo é o foco na compreensão do usuário.

Portanto, é preciso saber e entender com quais tipos de pesquisa é possível trabalhar para tomar a decisão.

  • Pesquisa quantitativa: se concentra em números e estatísticas. Em termos de usabilidade, isso pode significar medir quanto tempo leva para um usuário médio concluir uma tarefa, qual porcentagem de usuários concluíram a tarefa com sucesso e quantos erros ou bugs eles encontraram ao longo do caminho. Esses números tendem a ser mais úteis quando você tem algo com que compará-los – um projeto anterior ou um produto de um concorrente.
  • Pesquisa qualitativa: examina percepções não numéricas, como o porquê uma parte dos usuários tiveram problemas para concluir uma tarefa ou como se sentiram ao usar um produto.

Se a pesquisa quantitativa nos dá “o quê”, a pesquisa qualitativa nos dá o “por quê”.

Para ter uma visão completa da experiência do usuário, você precisa entender o que está acontecendo e por quê.

Se você tiver apenas dados quantitativos, pode estar perdendo alguns insights importantes que podem fazer a diferença em sua compreensão da experiência do usuário.

Se você fizer apenas pesquisas qualitativas, não será capaz de dizer se suas descobertas são representativas de uma população maior.

UX Research é um investimento que gera lucros

UX Research é vital para o processo de design e desenvolvimento do produto.

Através dela, reduzimos os problemas de usabilidade e removemos as experiências negativas do usuário quando eles interagem com o produto.

De acordo com uma pesquisa realizada pela IBM sobre o Impacto Econômico da prática de Design Thinking, 3 em cada 5 usuários acham que uma experiência positiva é mais influente do que uma propaganda forte.

A Forrester Research também estimou que 50% das vendas potenciais são perdidas porque os usuários não conseguem encontrar as informações de que precisam para fazer uma compra.

Números expressivos, não é mesmo? Pois é. O ROI em UX é reconhecido como a maior taxa de retorno que uma empresa pode obter em um investimento empresarial.

Segundo a pesquisa da Forrester Research citada, a taxa de retorno do seu investimento pode chegar a 301% quando bem-feita.

Então, como calcular meu retorno em UX?

O primeiro fator é o “Retorno Líquido do Investimento” que é definido pelos resultados gerais por trás do investimento.

O segundo fator é o Custo Líquido do Investimento, definido pelo valor líquido pago pela pesquisa.

UX Research é um dos pontos fundamentais na Transformação Digital

É claro que nenhuma empresa pode permanecer à tona se ignorar as necessidades do cliente. Mas, isso é exatamente o que algumas empresas teimosas fazem durante a transição digital.

As pessoas se comportam de maneira diferente no espaço digital. Isso significa que a maioria dos métodos tradicionais de comunicação offline não são necessariamente eficazes na Internet.

As decisões de compra online são influenciadas em grande medida por uma série de fatores, incluindo maior competição com muitas alternativas disponíveis.

A disponibilidade de avaliações, comparação de preços quase sem esforço e outras condições – por exemplo: prazo de entrega e custo – aumentaram significativamente o nível de expectativas do cliente.

Normalmente, são necessários apenas alguns cliques para encontrar outra loja online que venda produtos semelhantes. Portanto, mesmo um episódio de experiência ruim do cliente pode se tornar um fator decisivo para os compradores da Internet.

A pandemia presenciada desde 2020 foi uma grande impulsora para que essa transformação ocorresse de forma ainda mais acelerada.

As vendas e atendimento digital cresceram de uma forma jamais vista antes e um dos pilares mais importantes dentro dessa transformação foi: UX, ou seja, a experiência do usuário.

Os resultados e o impacto positivo de UX Research aconteceu não somente em produtos e serviços digitais, mas também na transformação digital como um todo.

Quer saber mais sobre como UX Research pode ser essencial na transformação digital da sua empresa e como esse investimento pode mudar a forma como seus clientes se sentem em relação à sua marca? Fale com a gente!